domingo, 30 de novembro de 2008

'Zodíaco' Um Crime Perfeito.



O Assassino do Zodíaco é um assassino em série estadunidense que atuou no Norte da Califórniadécada durante 10 meses desde o final da década de 1960.

Sua identidade permanece desconhecida. O Zodíaco colocou seu nome em uma série de cartas ameaçadoras que enviou à imprensa até 1974. Em suas cartas incluiu quatro criptogramas, dos quais três ainda não foram decifrados.
O Assassino do Zodíaco matou cinco vítimas reconhecidas em Benicia, Vallejo, Lago Berryessa, e São Francisco entre Dezembro de 1968 e Outubro de 1969. Quatro homens e três mulheres entre 16 e 29 anos foram os alvos do assassino. Outras pessoas foram consideradas possíveis vítimas. Com a falta de precisão no número de vítimas, a incapacidade de quebrar suas cartas criptografadas e a falha na busca de suspeitos, o caso pode ser considerado como um crime perfeito.
Em Abril de 2004, o Departamento de Polícia de São Francisco marcou o caso como inativo, mas o reabriu após Março de 2007. O caso está aberto até hoje em outras jurisdições.
Em Agosto de 2008, um homem de Sacramento disse que tinha evidências que apontava seu padrasto sendo o Assassino do Zodíaco. Um capuz preto, uma faca com sangue, escritos, e rolos de filme fotográfico estão sendo examinados pelo FBI. O FBI não disse quando os resultados dos testes serão divulgados. Entretanto, disseram que os resultados saem em aproximadamente seis semanas.


Vítimas confirmadas
David Arthur Faraday, 17 anos, e Betty Lou Jensen, 16.
Michael Renault Mageau, 19, e Darlene Elizabeth Ferrin, 22.
Bryan Calvin Hartnell, 20, e Cecelia Ann Shepard, 22.
Paul Lee Stine, 29.


O "assassino do zodíaco" ressurge do túmulo
( 06/05/2009 )

O Assassino do Zodíaco voltou.
Quatro décadas após esse misterioso homicida em série ter aterrorizado a baía de San Franciso, seu espectro e sua enigmática assinatura, uma cruz dentro de um círculo, voltaram aos jornais.
No fim dos anos 1960, ele matou pelo menos cinco pessoas
(mas acredita-se que ele tenha deixado cerca de 30 vítimas), enviou cartas enigmáticas e criptogramas para a imprensa, manteve um diálogo com a polícia de San Francisco através dos diários, e inspirou pelo menos outros dois assassinos em Nova York e no Japão.
Durante anos foi um mestre da fuga, que a polícia não conseguiu deter. Os agentes o descreveram na época como "um criminoso torpe, um mentiroso, e possivelmente um homossexual latente".


Segundo um inesperado depoimento, o Assassino do Zodíaco era Guy Ward Hendrickson, um carpinteiro de Orange County, pai de seis filhos, que faleceu há 26 anos. A responsável por revelar a informação foi sua filha, Deborah Pérez, de 47 anos, que tinha cerca de sete quando aconteceram os assassinatos, e que, inconscientemente, se viu obrigada a ajudar seu pai a cometer suas maldades.


Se a polícia confirmar esses fatos, ( O que eu Anne não acredito que vai acontecer, vou investigar melhor e logo postarei onde a Deborah erra ) Deborah Pérez terá herdado de seu pai a espetaculosidade da encenação. Simbolicamente, escolheu as escadarias da sede do "San Francisco Chronicle", um jornal para o qual o assassino enviou várias cartas, para fazer essa revelação na quarta-feira da semana passada. Dezenas de repórteres ouviram seu testemunho, entre a penitência e a catarse, sempre com uma lágrima a ponto de escorrer sobre a face.


"Quero reparar todos seus erros", ela disse. "Só quero que saibam a verdade."
Revelou que acompanhou seu pai em dois dos assassinatos, que escreveu uma carta em nome de seu pai ao fiscal Melvin Belli e que tem sob sua guarda um dos "troféus" de seu pai : os óculos daquele que até agora foi sua última vítima confirmada, um taxista assassinado em 1969 - um objeto que, segundo a investigação policial, desapareceu da cena do crime.
A carta que ela diz ter escrito, datada de dezembro de 1969, poderia ser, de fato, obra de uma criança. Cheia de erros de ortografia, começava com um: "Querido Melvin, sou o Zodíaco, te desejo um Feliz Natal".


Pérez contratou os serviços da empresa de relações públicas Edward Lozzi, e está finalizando um documentário sobre a vida de seu pai, no qual detalha as provas que demonstram que ele foi o Zodíaco. ( Quero só ver )
Ela disse que, ainda que a polícia só tenha confirmado cinco vítimas do assassino, seu pai matou mais de 30, e que carregava um caderno, hoje desaparecido, no qual escrevia e ilustrava sobre seus assassinatos. Em suas cartas, o Zodíaco disse ter matado 37 pessoas.


Em muitos de seus assassinatos ele seguiu um mesmo padrão: atacou casais de jovens que estavam em algum encontro romântico.
Aparecia do nada, com um revólver ou com uma faca na mão, às vezes usando um capuz. Algumas de suas vítimas escaparam e puderam relatar o fato.
Em outras ocasiões, o agressor sequestrou mulheres sozinhas na estrada e assassinou taxistas à queima-roupa.


A suposta filha do Zodíaco começou a ligar os pontos em 2007.
Então lançaram um filme de David Fincher sobre este caso, protagonizado por Jake Gyllenhall e Robert Downey Jr. A mídia norte-americana reviveu a febre dos assassinos em série.
O programa "K" exibiu um especial sobre o Zodíaco.
E Pérez reconheceu seu pai em um retrato-falado.
Quando era pequena, não havia se dado conta de que naquela noite em que seu pai a levou para dar um passeio, não tinha ouvido dois rojões, mas sim dois tiros.



 "Reconheci aquela pessoa como meu pai", ela disse. "Investiguei sobre o Assassino do Zodíaco, e me surpreendi de encontrar cartões e cartas da polícia que haviam sido escritas por meu pai ou por mim mesma". Nesse exercício de autoanálise, Pérez se lembrou de como escreveu aquela carta, porque pensava que seu pai precisava de ajuda urgente.


Todos os anos o "Chronicle" recebe centenas de cartas e telefonemas de cidadãos que dizem conhecer a verdadeira identidade do Zodíaco.
Até agora, a própria família de Pérez desmentiu sua versão dos fatos.
Sua irmã, Janice Hendrickson, 65, disse que seu pai "não faria mal a uma mosca".
Contudo, Pérez diz ter provas que, com uma análise de DNA, podem ser determinantes. A polícia garante que retomará um caso que nunca foi totalmente encerrado.
 



The Zodiac - 2005 - O Zodíaco - Trailer


Zodiac - 2007 - Zodíaco - Trailer


Zodiac Killer /1969 (Part 1)


this is the ZODIAC speaking


Fala sério temos que dar um certo crédito pra ele rsrsr mesmo que seja verdade dessa mulher que se diz filha dele, ele já morreu, nunca pagou pelos seus crimes !
Nunca foi pego!!
Bom pelo menos até agora. Se não for esse tal de Guy Ward Hendrickson, ele pode estar vivo ainda.

2 comentários:

um pouco de tudo² disse...

tenho a absoluta certeza que nosso queridissimo serial Zodiaco, esta morto ja ha algum tempo... os assassino na sua categoria raramentem param inexplicavelmente!!!
ele adorava ser o centro da atençao, saciava sua "sede" apos enviar suas cartas!! fala serio, ele realmente foi alguém de um Q.I extraordinario!!! nao que aprovo seu modo de vida , mais seu M.O.!!! encanta-me

Anónimo disse...

Como essa senhora afirma ser filha do zodiaco e ajuda-lo se diz que ela escrevia algumas cartas e ele outras, mas todas as cartas foram escritas pela mesma pessoa?