terça-feira, 14 de julho de 2015

Thelma Todd - Lucky Luciano



Thelma Todd


O CRIME:

A loira Thelma Todd ganhou o concurso de beleza de Miss Massachusetts em 1925, o que a levou a ser convidada a ir para Hollywood, onde fez sua estreia no cinema em "Fascinating Youth" no ano de 1926. Com isso ela iniciou uma carreira de atriz de grande sucesso, atuando como coadjuvante em praticamente todos os filmes de comédia. 
Em 1934, depois de divorciar-se, abriu o Thelma Todd's Sidewalk Cafe, no número 17575 da Pacific Coast Highway, ao norte de Santa Monica, com o produtor de cinema Roland West. Naquele ano Thelma envolveu-se em um caso com o gângster "Lucky" Luciano (Postarei o caso dele em breve), que "deu uma mãozinha" para que ela se tornasse viciada em pílulas de emagrecer. Luciano começou a pressionar Thelma para que o deixasse usar um cômodo do Sidewalk Cafe como casa de apostas, mas ela não cedeu.


No dia 14 de dezembro de 1935, Thelma foi a uma festa no Cafe Trocadero em Hollywood. Quando estava saindo, às 2h45 da manhã, um garçom lhe disse que havia um homem esperando para vê-la. Tratava-se de um assistente de Lucky Luciano, e Thelma rejeitou seu "convite".
Ela foi levada para o Sidewalk Cafe por seu chofer, Ernest Peters, tendo chegado ao seu destino às 3h30 da manhã. Outro carro estacionou e Thelma entrou nele, sentando-se ao lado de Luciano. Às 10h30 da manhã de 16 de dezembro o corpo de Thelma foi encontrado pela sua governanta, Mary Whitehead, curvado no banco da frente do seu Packard conversível na garagem, com as portas deslizantes levemente abertas. De acordo com o Dr. A. F. Wagner, médico-legista do Condado de Los Angeles, Thelma morreu de envenenamento por monóxido de carbono.

O legista emitiu um laudo de suicídio, que foi rejeitado, tendo sido convocada uma audiência com um grande júri. O representante dos jurados, George Rochester, disse: "Eu e outros membros do júri acreditamos que há uma trama para provar que Thelma Todd tinha tendencias suicidas, mesmo ela sendo jovem, saudável, famosa. admirada, amada e tendo boas perspectivas. Parece que estão tentando montar esse caso como suicídio, mas, analisando as provas, não encontrei nada que pudesse comprovar essa teoria. Acredito que haja uma grande possibilidade de este ter sido um assassinato com monóxido!"

Onde: 
Posetano Road, 17531, Pacific Palisades, Califórnia, Estados Unidos.

Quando:
10h30, segunda-feira, 16 de dezembro de 1935.

As consequências:
Em 21 de dezembro de 1935, o Departamento de Polícia de Los Angeles abandonou oficialmente a investigação da morte de Thelma. Eles concordaram com o laudo do médico-legista do condado e com sua suposição de que a atriz morreu "aparentemente por acidente". É provável que depois que Luciano a deixou no Cafe, dois homens a tenham agarrado e colocado-a em seu carro, ligado a ignição e fechado a porta da garagem.


Videos:







Lucky Luciano

O fundador da máfia nos Estados Unidos nasceu Salvatore Lucania em Lercara Friddi, Sicília, no dia 11 de novembro de 1897. A família chegou à América em 1906, e, dez anos depois, em junho de 1916. 
Luciano foi sentenciado a um ano de prisão por tráfico de ópio. Ao ser solto, ele juntou-se à gangue de Giuseppe "Joe the Boss" Masseria. Durante um conflito entre a máfia de Masseria e uma gangue rival, liderada por Salvatore Maranzano, Luciano foi atacado com uma picareta de gelo, tendo a garganta cortada e sido abandonado como morto na praia de Staten Island. Milagrosamente, Luciano sobreviveu e recebeu o apelido de "Lucky". 

Em 15 de abril de 1931, Luciano acompanhou Masseria a um almoço em Coney Island. Ele pediu licença para ir ao banheiro e, enquanto estava ausente, Masseria foi morto a tiros por um grupo de quatro homens - Joe Adonis, Buggy Siegel, Albert Anastasia e Vito Genovese (Qualquer hora posto sobre eles). Luciano recompensou a lealdade de Anastasia tornando-o o chefe do departamento de coerção da Murder Inc. Depois, tomou conhecimento de que o Capo dei Capi Salvatore Maranzano queria ele, Al Capone e Genovese mortos. 

Luciano foi mais rápido, e no dia 10 de setembro de 1931 Maranzano foi morto a tiros e facadas em seu escritório de Manhattan. Luciano dividiu a cidade em áreas separadas, cada uma controlada por uma família diferente, mas todas respondiam a ele.

Em 1936, Luciano foi condenado a 30-50 anos de prisão por administrar negócios de prostituição. Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto encarcerado, ajudou as autoridades, embora isso tenha sido negado por motivos políticos. Ele saiu da prisão em liberdade condicional depois que a guerra acabou, mas, como condição para isso, Luciano - que nunca se tornou cidadão americano - foi deportado para a Itália no dia 10 de fevereiro de 1946 a bordo do Liberty Ship Laura Keane.

Em fevereiro de 1947, ele fugiu para Havana, onde encontrou antigos camaradas, incluindo Meyer Lansky, Frank Costello e Bugsy Siegel. Luciano e Siegel entraram em conflito pelo envolvimento do último com Las Vegas, e Luciano ordenou seu assassinato quatro meses depois. 
Ao tomar conhecimento da presença de Luciano em Havana, o ditador cubano Fulgencio Batista deportou-o para a Itália, onde ele foi proibido de deixar Nápoles.

As consequências:
Luciano passou sua aposentadoria compulsória lendo jornais e fazendo longas caminhadas. Ele começou a dar entrevistas a jornalistas e considerou a possibilidade de escrever sua autobiografia.
Certa vez, disse: "Qualquer coisa que eu tenha feito na minha vida, senti que tinha razão para fazer. Nunca prejudiquei ninguém na vida, se as pessoas me prejudicam eu as prejudico também, isso não é prejudicar". 

No dia 26 de janeiro de 1962, ele viajou para o aeroporto de Capodichino a fim de conhecer um produtor de Hollywood que tinha uma ideia para um filme sobre a sua vida. Quando caminhava em direção ao produtor para cumprimentá-lo, Luciano teve um ataque cardíaco e morreu instantaneamente. 




FONTES:

- Retirado e adaptado do livro "501 Crimes mais notórios".

_____________________________________________________________________________

Agradecemos as doações. Precisamos delas para manter o blog na ativa. 
Voltamos com tudo graças à vocês. Fãs da página. Continuem doando.

O doador do mês será agradecido na página do FACEBOOK. 
Caso permita, postaremos a foto escolhida pelo ganhador em um álbum que criaremos.


Sem comentários: